Salovey e Mayer definiram inteligência emocional como:

…a capacidade de perceber e exprimir a emoção, assimilá-la ao pensamento, compreender e raciocinar com ela, e saber regulá-la em si próprio e nos outros.” (Salovey & Mayer, 2000).

Hoje em dia noto muitas pessoas perdendo o controle, estão emocionalmente abaladas com algo talvez pelo fato de o mundo estar mais acelerado, muitas novidades o tempo todo, muita cobrança, muita informação para absorver diariamente, ser marido, esposa, cuidar da casa, crescer na carreira etc.

Mas como é possível controlar emoções fortes? Como é possível não perder a paciência com alguém que te provoca? Não se estressar no trânsito ou com o companheiro, com filho, amigos…

Um dos fatores que podem causar a perda do controle emocional é o fato de alguém ou alguma coisa colocar a prova seus valores. Por exemplo: você é uma pessoa honesta e por algum motivo seu chefe falou que você era desonesto, assim provocou uma revolta muito grande perdendo o controle e até revidando com ações que você se arrependeria depois.

Mas como manter o controle emocional numa situação dessa? Primeiro entenda que o que provocou isso foi um comentário que contraria sua identidade (quem você é) e isso é muito forte para qualquer pessoa. Depois é necessário realmente entender o porque, o chefe neste caso, falou aquilo, ele poderia responder: porque você chegou atrasado. E você ficou imaginando que ele estava insinuando que você roubou algo, por exemplo. Assim você entenderia a expressão dele e poderia responder com mais tranquilidade.

É necessário, também, entender a raiz do descontrole. Vamos dar outro exemplo: Quando você está indo trabalhar de carro há um trânsito a frente e vai te atrasar bastante para chegar a empresa e assim começa ficar nervoso, começa a businar, etc. Qual real motivo de você ter perdido o controle? O que poderia fazer antes para não acontecer isso? Sair mais cedo? Se mesmo saindo mais cedo vale a pena se estressar ou é melhor ligar para o trabalho e dizer que vai atrasar um pouco por mais que isso te prejudique em algo? Ou você já está sofrendo por antecipação imagiando o que vai acontecer com você na empresa quando virem que chegou atrasado?

Ter o controle emocional é um hábito que pode ser aprendido. Você, talvez, conviva com uma pessoa descontrolada, que reclama de tudo, grita, cria confusão, há muitas pessoas assim não é verdade? Se você perde o controle com alguém, um ponto interessante é saber ouvir elas e entender os motivos dela agir com você de tal forma, um exercício importante para isso é se colocar no lugar da pessoa em todos sentidos. Porque estou falando desta maneira? O que deve ter acontecido comigo hoje ou ultimamente para agir de tal forma? Quais minhas características de personalidade? Assim, entendendo o lado dela você consegue manter o controle e até ajudar a pessoa mesmo ela te desrespeitando, não vale a pena partir para uma briga pois quando as emoções estão altas numa agressão verbal ou física o resultado sempre é desastroso para todos as partes.

A autoestima é importante também para o controle emocional. Provavelmente você teve dias que nada te afetava, mesmo um trânsito ruim você estava se divertindo ouvindo música. Em um dia seu trabalho não foi feito da uma maneira como gostaria você declara para você mesmo: amanhã farei melhor. Ao invés de ficar tenso pensando no que os outros vão pensar de você.

Então devemos nos conhecer mais para entender as raizes das nossas emoções. Cada pessoa tem uma história e DNA diferente que fará com que sua interpretação sobre os fatos seja diferente e assim provocar uma emoção boa ou ruim em você.

E você tem domínio sobre suas emoções?
Conheça mais sobre nosso trabalho de Coaching de Carreira.